Praias Fluviais em tempo de crise

Quem não tem mar, conquista os turistas, e os locais, com rio cativam cada vez mais pessoas.

 Num ano em que muitos portugueses são obrigados pela crise económica a ficar em casa, e em que nem as praias do Algarve parecem estar ao alcance de qualquer um , as praias fluviais surgem como uma alternativa cada vez mais de luxo para quem mora no Interior.

Para nós que residimos numa região sem praia as Praias Fluviais em Viseu podem ser uma boa alternativa para passar umas boas Férias de Verão. Durante o período de Verão, principalmente no mês de Agosto  regista-se o período de maior afluência a estas zonas balneares distinguidas com Bandeira Azul, de Norte a Sul de Portugal.


Existe em Portugal bons exemplos de aproveitamento do potencial das praias fluviais . Em Macedo de Cavaleiros, há dois exemplos que provam que o mar não faz falta. Inseridas na Paisagem Protegida da Albufeira Albufeira do Azibo, as praias da Fraga da Pegada e da Ribeira “têm condições de excelência” e de rara beleza onde os visitantes estão em perfeita comunhão com a natureza.

Há muitas outras praias fluviais a visitar, desde a Aldeia do Mato, em Abrantes, ao Carvoeiro, em Mação, à Quinta do Alamal, em Gavião, ou às praias de Valhelhas e Aldeia Viçosa, na Guarda. Praia é praia. E pouco importa se a água é salgada ou doce.