Explosão de gás em Viseu "Pascoal"

Hoje pelas 9h00 da manha ocorreu uma explosão de gás, no bairro de Santa Luzia, em Pascoal- Viseu, provocando dois feridos graves.
O casal de 46 e 45 anos foram transportados para o Hospital de São Teotónio, em Viseu, e depois transferidas de helicóptero para a Unidade de Queimados dos Hospitais da Universidade de Coimbra.



Eu trabalho mais ou menos a 300 metros,dessa habitação,mesmo com as maquinas a trabalhar e ouvi o estrondo.

5 comentários

Clique aqui para comentários
António J. Silva
admin
9 de junho de 2009 às 23:05 ×

Pois, uma inspecção de gás a uma habitação custa apenas cerca de 45 Euros e obtém-se a garantia de bom funcionamento da rede. Gás de Rede e Gás de Depósito obrigam a que a habitação seja inspeccionada de cinco em cinco anos. Noutros casos, caso de fontes individuais de abastecimento, os proprietários acham que por 45 euros podem ficar pobres, e depois é o que dá... Espero que recuperem, é um acidente gravíssimo e traumatizante. Se têm queimadores, fontes de abastecimento ou canalizações no interior de uma habitação e querem estar seguros que não acontece o mesmo em vossas casas, casas de familiares ou de amigos, sugiro que contactem uma entidade certificada, ITG, Civilinsp,...

Reply
avatar
SemoG
admin
10 de junho de 2009 às 11:36 ×

Quando se trata de um posto de abastecimento de gás propano de botijas de 45 Kg a entidade abastecedora é obrigada a exigir os termo de responsabilidade da entidade instaladora/montadora de aparelhos garantido assim
que tudo se encontra dentro das normas . O que na maioria dos casos não acontece, tornando-se nesses casos co-responsável pelos acidentes .
Se neste caso havia termo de responsabilidade da entidade instaladora/montadora de redes de gás e se foi ela a fazer a ligação á placa , o mal esta feito e terão de accionar o seguro de responsabilidade civil a que são obrigadas.
Na grande maioria das situações há um responsável pela rede de gás, e só depois e feita a ligação aos
equipamentos (placas /caldeira como era nesta caso) , muitas vezes executado por ou curiosos ou empresas não certificadas pela DGEG.

SE NÃO SABEM QUEM SÃO AS EMPRESAS CERTEFICADAS,LIGUEM PARA A "DIRECÇÃO GERAL DE ENERGIA E GEOLOGIA " ELES ENFORMAM AS QUE AXISTEM NA VOSSA ÁRIA DE RESIDÊNCIA.


semog

Reply
avatar
Anónimo
admin
15 de junho de 2009 às 23:27 ×

A casa tinha toda a segurança possível. Os senhores que alugaram a casa viveram lá 8 anos sem nenhum tipo de problema nem nenhum incidente. Infelizmente e com muita pena minha porque conhecia todas as pessoas envolvidas, desde os acidentados até aos donos da casa e tenho a dizer vos que a negligência pode ter sido do casal acidentado. O cheiro a tinta fresca das paredes que pintaram pode ter camuflado o cheiro a gás o que piorou a situação. A explosão teve ingnição ou no frigorífico quando o motor trabalha para refrigerar ou no esquentador uma vez que a senhora disse que tudo aconteceu quando ligou a torneira da água quente para tomar banho. É lamentável esta situação. Fica aqui uma ligeira correcção: "Se não sabem quem são as empresas certificadas, liguem para a (...) eles informam as que existem na vossa área de residência." Desejo as melhoras rápidas ao casal e espero brevemente voltar a tê-los como vizinhos.

Reply
avatar
António J. Silva
admin
16 de junho de 2009 às 00:25 ×

Pode ter sido neglicência, e grave. O gás pode acumular-se e dentro de determinada percentagem no ar, basta uma faisca para uma tragédia. Assim, a única negligência possível seria o fogão a deitar gás sem queimar. O esquentador possui termopar, isto é, quando falta a chama, corta o gás. Penso que alguns fogões também têm termopar, não sei, mas todos deviam ter.
Há novidades sobre o estado de saúde?

Reply
avatar
Anónimo
admin
19 de junho de 2009 às 20:33 ×

Senhor António J. Silva e a todos os leitores informo que o senhor ferido faleceu hoje por volta das 16 horas. A senhora encontra-se a recuperar favorávelmente. Os sentimentos à família.

Reply
avatar