Professora suspensa por falar sobre orgias

Uma professora da Escola Básica 2,3 Sá Couto, de Espinho no norte do pais foi suspensa após falar sobre orgias nas salas de aulas e depois de ter declarado perante uma turma que duas alunas não eram virgens, e de sugerir represálias em caso de queixa aos pais..

Esta noticia foi muito veiculada na tv e é chocante como é que existem professoras destas a ensinar os mais novos, que neste caso os alunos tinham entre 12 e 13 anos.

Esta pessoa em causa esta manchar o bom nome dos professores,felizmente esta senhora encontra-se suspensa e a enfrentar um processo disciplinar o minimo que se pode fazer é pedir justiça.
 Segundo as ultimas noticias a professora em causa pode enfrentar uma pena que pode ir da repreensão à demissão, passando pelo pagamento de uma multa ou pela suspensão do cargo, que diga-se é o minimo que se pode pedir nesta situação.

vejam aqui o video com a noticia e gravações na sala de aula da escola de Espinho :



O que acham disto deixem comentários

5 comentários

Clique aqui para comentários
Anónimo
admin
22 de maio de 2009 às 14:35 ×

Acho lamentável que se continue a fazer disto notícia. Já "cheira mal" porque o vídeo já passou nos canais de televisão não sei quantas vezes e sem dúvida que se trata de uma professora complementamente em desiquilibrio emocional. Deve ter tido algum problema que foi mal resolvido.

Reply
avatar
Anónimo
admin
22 de maio de 2009 às 23:32 ×

O Senhor Anónimo, para estar defender esta professora, ou é professor ou então não tem filhos.

Reply
avatar
Anónimo
admin
23 de maio de 2009 às 00:28 ×

1-Gravações de aulas pedidas por uma mãe.

2-Montagem de exertos de conversas fora do contexto e montadas num único video.

3-Vinte e tal filmes sempre do mesmo e do mesmo utilizador de computador no youtube.

È um caso grave de tribunal e no minimo implicaria o pagamento de uma grande indemnização.

A justiça faz-se nos meios próprios, essa senhora que não dá educação á filha já deveria estar presa por tentar fazer justiça pelas suas próprias mãos, além de difamar os professores.
Infelizmente está mais preocupada com isso do que a sua filha ter o himen arrebentado por vários rapazes.

Conclusão: O melhor é não passar cartão a gentalha.

Reply
avatar
23 de maio de 2009 às 18:05 ×

Eu nao percebo porque e que as pessoas nao se identificam
Assim nao sabemos quem esta a atacar quem
senhores anonimos deixem se disso

Reply
avatar
Antonio Silva
admin
24 de maio de 2009 às 23:15 ×

Insfelizmente,há muitos professores a lecionar sem terem vocação,e penso que tambem é uma das principais causas do mau comportamento dos alunos na sala de aulas.
Quanto a esta Srªprofessora de ter probemas psicologicos gravíssimos.

Reply
avatar