Alcoolismo dos 20 aos 30 anos

Em Portugal o alcoolismo é um problema,os jovens começam a beber bebidas alcoólicas cada vez mais poderosas e em faixas etárias cada vez mais baixas.
Na Europa, a primeira experiência com álcool dá-se, em média, aos 12,5 anos. A primeira embriaguez acontece aos 14.
Algo está a mudar no padrão de consumo de álcool, pois nos últimos anos ao que parece o habitual em consultas de alcoolismo era a presença de utentes entre os 40 a 50 anos, mas agora, verifica-se a presença de gente cada vez mais jovem, segundo noticia do publico, começam a chegar às consultas da especialidade doentes alcoólicos na casa dos 20 a 30 anos.

O que estará na origem desta situação?
Actuamente os nossos jovens iniciam cada vez mais cedo a ingestão de bebidas de alto teor alcoólico ( as bebidas brancas) que em pouco tempo contribuem para a antecipação do problema e são altamente lesivas para o fígado existindo inclusive No Reino Unido - bem como em Portugal relatos de médicos que encontram jovens com cirrose hepática na casa dos 30 anos, quando isso acontecia por volta dos 40-45 anos.

Actualmente o vinho é pouco apreciado nas faixas etárias mais jovens, face à cerveja e a bebidas apelidadas “brancas” como a vodka, o uísque ou até mesmo os shots.
Este comportamento de consumo tem como objectivo primordial "a alteração de consciência", segundo uma médica especialista.
Este é um flagelo silencioso que pode trazer graves problemas de saúde.

3 comentários

Clique aqui para comentários
Diogo Loureiro
admin
26 de dezembro de 2008 às 13:09 ×

Concordo com o vosso texto, e acho uma boa ideia voces alertarem os jovens, pois eles sao o futuro e se neles forem corrigidos os erros, o futuro sera bem melhor!

Reply
avatar
Ramiro
admin
26 de dezembro de 2008 às 20:34 ×

Como sempre tudo parte de um principio, a EDUCAÇÃO.
Vejamos o que acontece nas salas de aula.
Acabem com a publicidade a bebidas alcolicas e encerrem os bares mais cedo como noutros países.
Tudo mudará...

Reply
avatar
g
admin
27 de dezembro de 2008 às 22:22 ×

Esse não é só um luxo em Portugal e na Europa. Aqui no Brasil cresce o número de jovens alcóolatras. Jovens que estão se entregando ao vício cada vez mais cedo. Tenho 22 anos e raramente bebo, porque não gosto da maioria das bebibas alcóolicas. De vez em quando bebo um vinho, que é mais saudável do que cerveja em excesso. Já amigos tendo coma alcóolico em festas e outros bebendo sempre que podem. Além disso, cresce o número de jovens mortos em acidentes automobilísticos, após consumir bebidas alcóolicas. Um dado triste.

Reply
avatar