Modelo de avaliacao do professores – o descontentamento portugues

O modelo de avaliação dos professores  é um dos temas que faz as manchetes dos jornais diários e telejornais portugueses o descontentamento é generalizado ainda ontem uma tentativa da ministra da educação de diálogo foi apenas fumaça pois passados 20 minutos os representantes dos professores batiam com a porta e saiam da reunião.

O descontentamento é generalizado e muito ainda vai ser falado e escrito e no final se verá se vencerá a democracia e a vontade da maioria ou vencerá a “democracia” do governo ps pois quer se queira quer não este governo detém a maioria e qualquer votação e discussão mesmo que vá a parlamento não passará da discussão pois o resultado será a vontade do governo.

Pelo nosso distrito os presidentes dos 43 conselhos executivos de escolas e agrupamentos de escolas pertencentes ao Centro de Área Educativa de Viseu (Sul do distrito) já pediram à ministra da Educação para suspender o modelo de avaliação dos professores. Neste documento e segundo a agência lusa é pedido à ministra da educação que "proceda à revisão urgente - imediata - do modelo de avaliação, ouvindo os professores", garantindo ainda neste documento que estes estão disponíveis para o diálogo e pretendem que "aquela revisão se traduza numa efectiva desburocratização e descomplexificação do processo".Este documento foi assinado pelos presidentes dos conselhos executivos de agrupamentos de escolas dos concelhos de Mangualde, Tondela, Viseu, Carregal do Sal, Vouzela, Nelas, Castro Daire, Mortágua, Penalva do Castelo, Santa Comba Dão, S. Pedro do Sul, Sátão e Vila Nova de Paiva.

Uma coisa é certa com este clima que se vive no pais, com esta situação, é inevitável que este tenha as suas consequências que poderão por em causa a qualidade da educação e do ensino.

4 comentários

Clique aqui para comentários
Maria do Céu
admin
20 de novembro de 2008 às 18:23 ×

O ensino e a educação em Portugal neste momento já deixa muito a desejar.No entanto, eu concordo que o modelo de avaliação seja revisto urgentemente proque não faz sentido um professor avaliar um colega que tem uma formação totalmente diferenteda dele. Mas sim, os professores devem ser avaliados eu também sou avaliada no meu trabalho e se as pessoas trabalharem com objectivos a cumprir há sempre um maior empenho.

Reply
avatar
Ramiro
admin
20 de novembro de 2008 às 22:57 ×

Quem não deve não teme.....
Talvez com a avaliação haja justiça e melhoria no ensino.

Reply
avatar
Isabel
admin
21 de novembro de 2008 às 00:14 ×

Muito me desilude o sistema de ensino que a Sra Ministra deseja para o nosso país. Não adianta estar aqui com lamentações, pois é certo a imagem que a sociedade tem dos professores é de que estes não fazem nada, chegam a casa cedo, não trabalham todos os dias, ganham salários chorudos, etc... Há um ditado que diz: "O maior cego é aquele que não quer ver". Quem está por dentro sabe que não é assim. Uma coisa é certa, a avaliação deve ser justa e ter em vista uma melhoria no ensino, mas não é com este sistema de avaliação que isso se vai conseguir.
Espero, sinceramente que se faça luz na cabeça da Sra Ministra e que acabe com esta farsa de uma vez por todas. Entretanto, que algumas mentes mais iluminadas encontrem umas medidas de avaliação contextualizadas num bom sistema de ensino.

Reply
avatar
hugo
admin
21 de novembro de 2008 às 10:42 ×

EU tambem espero com esta avaliaçao que o ensino melhor pois estamos a percisar dos boms porfeceres nas escolas nao é em casa ou no desenprego.....mas a avaliaçaoes tem que ser corretas..

Reply
avatar