Estamos a ser vigiados em Portugal

Uma questão que põe agora é, estaremos a ser vigiados? O Big Brother saiu a rua?
Portugal está a respeitar a privacidade de cada um?

Tudo isto porque em Portugal  existem cerca de 12 mil pedidos de videovigilância num período de oito anos, tratando-se este valor dos documentados pois existem muitas outras câmaras em situação ilegal. Isto leva a pensar que a ideia de segurança parece ter abandonado o direito à privacidade.
Será que o cidadão está disposto a abdicar do seu direito à privacidade?

Em Portugal  vive-se actualmente num clima de instabilidade em termos de segurança levando a uma tensão permanente entre defesa da segurança e da privacidade, chegando mesmo a afirmar-se que a intimidade de cada um é o prato mais leve desta balança segundo afirmação à  Lusa do presidente do Observatório de Segurança, Garcia Leandro.
Os últimos inquéritos mostram, segundo este presidente, que a preocupação dos portugueses com a criminalidade violenta tem aumentado. “São as pessoas que querem ser controladas e não o Estado que quer controlar as pessoas”, defende.

Hoje em dia é comum ver-se câmaras de videovigilância instaladas em estradas, escolas, bancos, ruas ou centros comerciais,com os terminais multibancos é possível determinar a hora e o local onde se esteve, já para não falar dos telemóveis onde se consegue obter a localização exacta do seu utilizador. Em breve, também os automóveis vão estar na mira das autoridades através dos chips que o Governo quer obrigar a instalar nas matrículas.

A questão que se pode colocar aqui é onde acaba e começa a nossa intimidade e será que está a ser respeitada teremos privacidade

3 comentários

Clique aqui para comentários
Maria do Céu
admin
10 de novembro de 2008 às 14:12 ×

Á videovigilância é importante e é uma "ferramenta" muito útil, mas as regras básicas do respeito pela privacidade de cada um não podem ser esquecidas. É melhor nem falarmos disso, pois teríamos "pano para mangas", basta pensar que os vestíários de algumas conceituadas marcas de roupa têm câmaras ocultas, ilegais, porém estão lá.

Reply
avatar
hugo
admin
10 de novembro de 2008 às 18:45 ×

eu tambem estou de acordo .... temos que ter privicidade..... mas se isso acomteçer vai ser muit muit mau para todos nós...... ai vai... vai...

Reply
avatar
Ramiro
admin
12 de novembro de 2008 às 00:03 ×

Eu sugeria que se instala-se uma câmara de vigilancia na mesa de cada deputado para saber aquilo que todos os dias eles fazem, ou se estão pelo menos a ocupar o lugar para o qual os seus eleitores o colocaram!

Reply
avatar