Comboio amputou pernas a mulher de Cabanas de Viriato

Uma mulher, de 69 anos, residente em Cabanas de Viriato, Carregal do Sal, ficou, ontem, sem as duas pernas, quando saía do comboio, com este já em andamento. O acidente verificou-se às 16h40, na estação de Vimieiro - Santa Comba Dão...

Acidentes "evitáveis"

O acidente de ontem, na estação do Vimieiro, motivou a indignação de um residente que, num desabado ao nosso jornal, afirmou que esta e outras situações seriam evitáveis se "a CP não imputasse ao revisor a responsabilidade de dar ordem de partida aos comboios". "Ele está dentro do comboio", adiantou, e o seu ângulo de visão não tem nada a ver com o de alguém que está cá fora, no cais, e "percebe se há ou não algum passageiro mais atrasado, para entrar ou para sair do comboio", acrescentou. Cáustico, o nosso interlocutor defendeu que o movimento verificado na estação da CP de Santa Comba Dão merecia mais alguma atenção, uma vez que se trata de uma placa central, que serve uma vasta região. Mas não é isso que se está a passar, considerou, criticando a "selva" instalada, que impôs que actualmente naquela estação apenas exista "um funcionário", responsável "pela venda de bilhetes".

Fonte: Diario de Viseu ver notícia completa.

2 comentários

Clique aqui para comentários
Maria do Céu
admin
26 de setembro de 2008 às 16:02 ×

Lamento muito por esta senhora e pelos seus familiares. Quanto á empresa dos CFP, só vêem os lucros e mais nada. É triste mas cada vez mais é o retrato do nosso país. Apesar de tudo, pode ser que a desgraça de alguém sirva para corrigirem os erros que cometem.

Responder
avatar
Ramiro
admin
27 de setembro de 2008 às 21:28 ×

Provavelmente não se vai fazer nada porque não foi dada importancia pelos MEDIA, e quando assim é neste país simplesmente continua tudo na mesma...
No entanto mais uma pessoa faleceu por culpa de alguém, e esse alguém não é certamente o pobre do revisor. Este país só funciona com ...

Responder
avatar